Publicado em 21 de outubro de 2017 | 17:52
Clube de tiro em Assu realiza Regional Internacional Nordeste e está entre os melhores do país
atira-clube-tiro-regional-internacional-nordeste-alto-do-do-rodrigues-macau-extremoz-parnamirim-macaiba-assu-joao-camara-lajes-angicos-mossoró-areia-barnca-assu-pendencias-jucurutu-ipanguaçu-açu-petrobras-MP-PF-processo-operação-manus-lama-nas-ruas-prefeito-prefeitura-carnaubais-porto-do-mangue-umarizal-guamaré-abelardo-flavio-veras-ivan-padilha-junior-benevides-tulio-lemos-teteu-tiago-doutor-gustavo-deputado-george-souza-polícia

A Associação de Tiro Assuense  (ATIRA), realizou nos dias 12,13 e 14 de outubro, na cidade de Assú/RN, a Regional Internacional Nordeste do Campeonato de Trap Americano 2017. Esta foi a 4ª etapa da competição anual promovida pela Liga Nacional de Tiro ao Prato.

O Presidente do ATIRA Jovane Dantas, destacou que para sediar o campeonato realizado pela primeira vez no Rio Grande do Norte, o clube foi totalmente reformado e ampliado passando de uma para três áreas de tiro, que foram construídas seguindo os padrões internacionais do esporte e equipadas com máquinas italianas – as mesmas usadas nas Olimpíadas Rio 2016 – além de um novo restaurante climatizado com 200 metros quadrados e outras áreas de convivência.

De acordo com competidores que participaram da Regional Internacional Nordeste, com sua nova estrutura, a Associação Assuense de Tiro posiciona-se entre os melhores Clubes do Brasil.

O evento realizado em Assú reuniu atletas de todo pais, ao todo foram feitas mais de 200 inscrições nas seguintes modalidades: TRAP 100 Single, TRAP 200 Single, TRAP 100 DOUBLE e Entrevero Noturno. A classificação geral da modalidade mais disputada que é o TRAP 100, o primeiro lugar foi conquistado pelo paraibano Valdemir de Medeiros, em segundo lugar o atirador Catarinense Valdir Abel e na terceira colocação o representante do clube ATIRA Francisco Cley Pinheiro da cidade de Angicos.

Paralelo ao evento aconteceu o Grand Prix Solidário Beretta, uma competição com fins filantrópicos que destinou 100% da arrecadação com as inscrições e vendas de bonés da marca Beretta ao Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos. Foram arrecadados e doados a instituição 4 mil e 200 reais.

As armas para prática do tiro ao prato são espingardas de calibre 12, devidamente registradas e autorizadas pelo DFPC (Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados) do Exército Brasileiro.

.

atira-clube-tiro-regional-internacional-nordeste-alto-do-do-rodrigues-macau-extremoz-parnamirim-macaiba-assu-joao-camara-lajes-angicos-mossoró-areia-barnca-assu-pendencias-jucurutu-ipanguaçu-açu-petrobras-MP-PF-processo-operação-manus-lama-nas-ruas-prefeito-prefeitura-carnaubais-porto-do-mangue-umarizal-guamaré-abelardo-flavio-veras-ivan-padilha-junior-benevides-tulio-lemos-teteu-tiago-doutor-gustavo-deputado-george-souza-polícia