Publicado em 2 de novembro de 2017 | 18:05
José Agripino teria recebido ‘vantagens indevidas, de forma oculta e disfarçada’ diz PGR
raquel-dodge-endossa-denuncia-janot-contra-agripino-alto-do-do-rodrigues-macau-extremoz-parnamirim-macaiba-assu-joao-camara-lajes-angicos-mossoró-areia-barnca-assu-pendencias-jucurutu-ipanguaçu-açu-petrobras-MP-PF-processo-operação-manus-lama-nas-ruas-prefeito-prefeitura-carnaubais-porto-do-mangue-umarizal-guamaré-abelardo-flavio-veras-ivan-padilha-junior-benevides-tulio-lemos-teteu-tiago-doutor-gustavo-deputado-george-souza-polícia

Parece que a maré continua ainda turbulenta para o senador do RN.  A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, endossou a denúncia que seu antecessor, Rodrigo Janot, havia apresentado em setembro contra o senador e presidente do DEM José Agripino Maia (RN), em inquérito aberto para investigar recebimento de propina relacionada a obras da Arena das Dunas, estádio na cidade de Natal palco de jogos na Copa do Mundo em 2014. A manifestação foi enviada após análise da defesa prévia apresentada pelos advogados do senador ao Supremo.

“A denúncia permite a compreensão dos fatos que lhe foram imputados e não cerceia a possibilidade de defesa. Também não procede a alegação de inépcia da denúncia, pois descreve os fatos criminosos, permite a compreensão das imputações e o exercício da ampla defesa e do contraditório, na linha da jurisprudência do Supremo Tribunal Federal”, disse Raquel Dodge, rebatendo argumentos da defesa.

A acusação formal, pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, atribui com base em relatório da Polícia Federal o recebimento de propina de R$ 2 milhões da construtora OAS pelo senador José Agripino (DEM-RN). É apontado envolvimento do parlamentar e de Léo Pinheiro, dono da empreiteira, em irregularidades no financiamento do BNDES destinado a obras na Arena das Dunas, estádio em Natal para a Copa de 2014.

 Estadão
.
fim-de-ano-chuvoso-no-nordeste-brasileiro-emparn-la-nina-alto-do-do-rodrigues-macau-extremoz-parnamirim-macaiba-assu-joao-camara-lajes-angicos-mossoró-areia-barnca-assu-pendencias-jucurutu-ipanguaçu-açu-petrobras-MP-PF-processo-operação-manus-lama-nas-ruas-prefeito-prefeitura-carnaubais-porto-do-mangue-umarizal-guamaré-abelardo-flavio-veras-ivan-padilha-junior-benevides-tulio-lemos-teteu-tiago-doutor-gustavo-deputado-george-souza-polícia