Publicado em 26 de setembro de 2017 | 19:06
Justiça cassa prefeito e vice de Galinhos e determina novas eleições
galinhos-justiça-cassa-prefeito-e-vice-rn-alto-do-rodrigues-lama-nas-ruas-operação-prefeito-abelardo-rodrigues-filho-macau-mossoró-ipanguassu-pendências-carnaubais-extremoz-macaiba-joão-câmara-angiscos-jucurutu-afonso-bezerra-guamará-almino-afonso-ceará-mirim-currais-novos-caicó-pau-dos-ferros-porto-do-mangue-serrinha-areia-branca

A Juíza Cristiany Maria de Vasconcelos Batista determinou a cassação dos mandatos do prefeito e do vice-prefeito da cidade de Galinhos, no interior do Rio Grande do Norte. A justificativa é de que os dois cometeram crimes de abuso de poder econômico e político.

Segundo decidiu a magistrada, os dois foram condenados por se comprovarem a nomeação de 186 servidores comissionados em ano eleitoral e exoneração de 84 servidores comissionados após a eleição, caracterizando abuso de poder político; o uso da máquina administrativa em benefício da candidatura dos representados pelo prefeito; compra de votos com cheques da prefeitura; a oferta pelo prefeito de cargo e salário em troca de voto.

Na sentença, a magistrada determina ainda que sejam realizadas novas eleições municipais em Galinhos, para escolha de representantes para o Poder Executivo em substituição à chapa eventualmente cassada.

Apesar da ordem, o prefeito, Fábio Rodrigues (PRB), e o vice, Afrânio Reis (PR), permanecem nos cargos até que o Tribunal Regional Eleitoral se posicione sobre o caso.

A assessoria de comunicação da Prefeitura de Galinhos diz que, como a decisão é em primeira instância, os dois podem recorrer ainda no cargo. “E o farão, certos de quem obterão o direito de permanecer a frente da gestão municipal”, diz a nota encaminhada à imprensa.

.

detran-rn